sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

A guitarra antisolo.


 Riffs curtos, idéias mais simples, efeitos muito das vezes sujos ou melodias toscas chamado por muitos solistas.
Esses guitarristas que são adeptos de solos mais objetivos a fim de explorar caminhos mais melódicos ou mais rítmicos, são considerados por muitos como guitarristas mais fraquinhos comparados aos guitar heroes como Steve Vai, Ynguie Malmsteen e outros.
Alguns por falta de técnica, conhecimento e outros por mero bom gosto onde o pouco é muito e o som possui textura, qualidade na escolha das notas.
Nirvana fortemente incorporou o anti-solo em sua música, muitas vezes usando distorção, feedback pesado, e um não- pentatônico abordado para improvisar usando notas de passagem cromatismos nos seus acordes tortos. Outro cara é Tom morello consegue usar vários efeitos e consegue tirar uma ritmica legal de sua guitarra , criatividade. 
Bom aqui vai o exemplo de algumas músicas.
  Killing In The Name ( Rage Against Machine ) - Freak On A Leash ( korn ),Twilight ( U2 ) Otherside ( Red Hot ), e etc..
( Daniel Vacani )




2 comentários:

Pedro Empreendedor disse...

Muito bom, gostei muito!!!
eu tbm ensino violão básico
aprenderviolao1.blogspot.com

Daniel disse...

que bom! Um abraço.