terça-feira, 12 de janeiro de 2010

COMO ESTUDAR?


Hoje vou dar algumas dicas na hora de você estudar. A forma que irá dividir o tempo para cada situação especifica,como hora para estudar teoria, tecnica e percepção. O tempo por menor que seja, bem aproveitado e focado, é melhor do que pegar 8 horas direto, apenas um dia. Então vamos as dicas!

Duração

Quando houver um novo assunto, deve ser dada uma maior atenção para ele. Meia hora por dia com concentração será mais rico e proveitoso do que duas ou três horas dispersas. Como e quanto será absorvido do assunto vai sempre variar de pessoa para pessoa, mas a questão é a forma como é feito o estudo.
Outro ponto importante a citar é a história de que "fulano estuda oito horas por dia!" Esse tipo de estudo, de longa duração, deve ser muito bem organizado. O cuidado com o corpo humano, a nossa máquina, é de suma importância. A atividade repetitiva pode gerar lesões graves, como a tão famosa inflamação nos tendões (tendinite).
Portanto:

1) Alongamentos nos braços e nos dedos antes, durante e depois dos estudos, são essenciais para o condicionamento e, assim, para um melhor aproveitamento do tempo. Caso contrário, você terá de interromper o aprendizado por causa do cansaço. Lembre-se: você é um atleta dos braços e dos dedos.

2) Planejar é importante. Alterne seus objetivos: rapidez, agilidade, tudo o que se refere a solos (escalas, arpejos, técnicas em geral), parte harmônica (acordes), ritmo e teoria.

3) Pratique tudo lento! Tudo que você for tocar toque devagar, porque tudo o que você faz seu cérebro assimila, certo ou errado. Então tenha paciência e estude sem pensar no resultado final. foque primeiro no movimento das notas e serem tocadas e depois no ritmo.

4) Ouça de tudo. Escute tudo aquilo que possa contribuir para a sua formação como músico. É uma das melhores coisas a se fazer! Com esses cuidados, você irá planejar seu tempo e criar um ritmo próprio de estudo.

Aprender sem pensar é tempo perdido. (Confúcio)

OS ALICERCES DA MÚSICA


Os três elementos que vou falar aqui hoje são de estrema importância dentro de qualquer música, porque estar presente nela queira ou não. São elementos que podem se combinar uns com os outros, que é o ritmo, melodia e harmonia. O mais importante ai é o ritmo, não que outras não sejam mais essa tem um peso maior dentro de qualquer estrutura musical.

Tente imaginar uma bela casa, com lindos móveis e limpos. É uma sensação muito agradável entrar em um ambiente assim. No entanto pra que essa casa tenha chegado a ficar assim foi necessário um fator principal, os alicerces, as colunas de sustentação.

Uma boa música também é assim. É muito agradável ouvir uma bela canção, mas pra que tal canção venha a se tornar bela é necessário que ela tenha suas colunas de sustentação bem estruturadas, o Ritmo, Melodia, Harmonia. Vamos então definir esses alicerces.


Ritmo: É uma seqüência de sons em intervalos regulares. Não devemos confundir Ritmo com Estilo. O Estilo é uma variação temática do Ritmo. Podemos dividir o Ritmo em Tempos, só pra citar os mais usados são 2, 3, 4, 6 e oito. Que seria a organização dos tempos que chamamos de compasso, mais isso é assunto por outro capitulo.


Melodia: É uma seqüência de sons em intervalos irregulares. A Melodia caminha por entre o Ritmo. A Melodia normalmente é a parte mais destacada da Música, é a parte que fica a cargo do Cantor, ou de um instrumento como Sax ou de um solo de Guitarra e etc. Sempre que ouvir um Solo - notas tocadas individualmente - você estará ouvindo uma Melodia.


           Harmonia: Simplificando seriam os acordes (três ou mais notas). Que podemos chamar de cama, base termo muito usado entre os instrumentistas.


           Poderia dizer que o ritmo a base da música. Por quê?  Você pode fazer musica com esse três elementos separados? Digo que sim e que não! Porque o único que pode anda sozinho ai é o ritmo e olhe lá hein! Se considerarmos que ritmo é aquilo que se move, movimento regular. O ritmo está inserido em tudo na nossa vida. Daí uma linha melódica se movimenta com ritmo logo uma seqüência de acordes (Harmonia) também se movimenta. Veja algumas opções.

 Melodia + Ritmo + Harmonia

                             Melodia + Ritmo
                
                            Harmonia + Ritmo

É claro não vamos entrar em uma super viagem aqui, mais já da pra entender um pouco desses três fatores super importante dentro da música. Escutem muita música e prestem mais atenção nisso e uma boa viagem sonora.

( Daniel Vacani)

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

ACORDES MAIORES E MENORES

Bom aqui estão alguns desenhos básicos dos acordes maiores e menores. A ideia principal é servir como consulta se vocês esquecerem qualquer desenho ( Acorde), depois o legal ir decorando os modelos e procurar alguma relação entres eles, ou seja uma troca.
Ex:   |  G  –  D    |  G – A    |   D – A     |    D -- E      |   C -- G | e etc..
        
        | Am -- Em |  Dm - G  | Bm -- Em |    Dm -- Am | e etc..