sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Baixo elétrico

 Baixo elétrico chamado também de contrabaixo elétrico, viola baixo ou simplesmente baixo é um instrumento de cordas semelhante a uma guitarrra , maior em tamanho e com um som mais grave. A evolução do contrabaixo acústico é utilizada por diversos gêneros musicais modernos.
O baixo elétrico tradicional e popular que a maioria das bandas de rock usam é muito similar a uma guitarra elétrica, mas com o corpo maior, um braço mais longo e uma escala mais extensa. Em geral, os baixos elétricos mais comuns possuem quatro cordas, e estas são afinadas, tradicionalmente, da mesma maneira que os contrabaixos de orquestra, sendo as mesmas notas que as quatro cordas finais de uma guitarra (Mi, Lá, Ré, e Sol), mas cada uma destas cordas são afinadas uma oitava mais graves, em tom, do que a guitarra. Os fins de evitar o uso excessivo de linhas suplementares inferior na pauta da partitura, a notação musical do baixo/contrabaixo é feita na clave de baixo (em Fá) e a anotação, em si, das notas musicais deve ser feita em transposição de uma oitava acima, relativamente ao som que o baixo deve emitir. Isto é, o som do baixo quando lendo de uma partitura para baixo, vai soar uma oitava mais grave do que as notas escritas na pauta. Similarmente a uma guitarra, para se tocar o baixo elétrico com seu potencial sonoro total, este é conectado a um amplificador específico para contrabaixos; isto é essencial para as apresentações ao vivo, uma vez que o som do baixo elétrico sem amplificação é demasiadamente baixo por via de ele ter um corpo sólido.

A historia

Os anos 50, o grande problema dos contrabaixistas da época era o transporte de seu instrumento, delicado (por ser feito de madeira) e extremamente pesado, até que no ano de 1951 um técnico em eletrônica de 42 anos chamado Leo Fender criou o baixo elétrico. O instrumento, batizado de Precision, ficou rapidamente conhecido como Fender Bass. Seu modelo era mais dinâmico e diferente do que o modelo do contrabaixo clássico.
O primeiro baixista a se apresentar com o Precision foi William "Monk" Montgomery (irmão mais velho do guitarrista de jazz chamado  Wes Montgomery) em turnês ao vivo com a banda de jazz de Lionel Hampton. Bill Black, que tocava baixo na banda de Elvis Presley, adotou o Fender Precision em 1957.
Como na guitarra elétrica, as vibrações nas cordas causam um sinal elétrico a ser criado nos captadores, que são amplificados e reproduzidos por meio de um amplificador. Vários componentes elétricos e configurações do amplificador podem ser usados para alterar o timbre do instrumento.

Exercícios:


Este exercício serve para melhorar o desempenho da mão esquerda, deixando-a mais solta e mais precisa. 

É um exercício essencial para todos os baixistas e deve ser feito sempre o maior número de vezes possíveis e pode ser usado como aquecimento para apresentações e ensaios 

O exercício é bastante simples, deve se tocar a tablatura abaixo, movendo um dedo da mão esquerda de cada vez. 

G|--------------|--------------|----------------|--1--2--3--4--| 
D|--------------|--------------|--1--2--3--4--|----------------|
 
A|--------------|--1--2--3--4--|--------------|----------------|
 
E|--1--2--3--4--|--------------|--------------|----------------|
 

G|--------------|--------------|-----------------|
 
D|--4--3--2--1--|--------------|--------------.|
 
A|--------------|--4--3--2--1--|--------------.|
 
E|--------------|--------------|--4--3--2--1---|
 
 
É fundamental que não sejam movidos mais de um dedo de cada vez, no início será difícil fazer isso, mas com a prática, ficará facil. 

Devem ser utilizados os 4 dedos da mão esquerda para praticar este exercício, sempre utilizando 1 dedo para cada casa. 

Casa 1 - indicador 
Casa 2 - médio 
Casa 3 - anelar 
Casa 4 – mínimo

OBs: Sempre alternar os dedos da mão direita I e M pra se obter velocidade, pode parecer bobo esse exercício e simples mais ele que vai criar resistência nos seus dedos inclusive no dedo 4 que é o mais fraco de todos.




 Estudem e boa sorte!!

2 comentários:

Bloggon disse...

Gostei XD

Vlw sou inciante no baixo e achei legal

Unknown disse...

Odeio quando comparam o Baixo com a Guitarra, eles só tem mais ou menos o mesmo formato, porém o jeito de se tocar é muito diferente um do outro.